Grande colaboração anunciada para ajudar a combater a resistência global a antibióticos

Search Dental Tribune

Grande colaboração anunciada para ajudar a combater a resistência global a antibióticos

E-Newsletter

The latest news in dentistry free of charge.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
As mortes devido a infecções resistentes a antibióticos globalmente chegam a quase um milhão a cada ano. A anunciada expansão da pesquisa no CARe significa mais financiamento e pesquisadores para prevenir essas mortes. (Imagem: angellodeco/Shutterstock)
Dental Tribune International

Dental Tribune International

sex. 6 janeiro 2023

save

GOTHENBURG, Suécia: A Universidade de Gotemburgo anunciou novos investimentos em um já robusto programa de pesquisa sobre resistência a antibióticos. O Centro de Pesquisa de Resistência a Antibióticos (CARe) da universidade já lidera pesquisas desde 2016 e, a partir de janeiro deste ano, será ampliado para empregar cerca de 150 pesquisadores em 20 departamentos especializados.

Enquanto a medicina luta para acompanhar as cepas em constante evolução de infecções resistentes a antibióticos, a expansão do CARe oferecerá mais recursos para encontrar soluções que salvam vidas. O aumento das contribuições vem de ainda mais parceiros, incluindo Sahlgrenska University Hospital, Chalmers University of Technology e Region Västra Götaland. Juntamente com o apoio da Universidade de Gotemburgo, o aumento do financiamento do CARe permitirá que pesquisadores de uma ampla gama de campos além da medicina colaborem.

O Prof. Joakim Larsson, investigador principal do Departamento de Doenças Infecciosas da Universidade de Gotemburgo e diretor do CARe, disse em um comunicado à imprensa: “Os membros do CARe incluem, por exemplo, médicos, microbiologistas, biólogos moleculares, químicos, tecnólogos, engenheiros, cientistas ambientais , matemáticos, economistas, cientistas políticos, arquitetos e filósofos. De várias maneiras, todos eles contribuem com seus conhecimentos específicos. Estender a colaboração ainda mais além das fronteiras disciplinares transformará a capacidade do centro de causar impacto.”

A Prof. Ann-Marie Wennberg, diretora do Hospital Universitário Sahlgrenska e professora da Universidade de Gotemburgo, discorreu sobre a importância do CARe: “A estreita colaboração entre a saúde e a academia significa que os resultados da pesquisa podem gerar benefícios tangíveis para os pacientes mais rapidamente. Essa é uma das razões pelas quais o Sahlgrenska University Hospital considera essa colaboração tão importante. Junto com nossos parceiros, nossa ambição é enfrentar um dos maiores desafios globais de saúde: a resistência a antibióticos”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement