De problemas estamos cheios

Search Dental Tribune

De problemas estamos cheios

E-Newsletter

The latest news in dentistry free of charge.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
Mais de mil dentistas participaram do IV Congresso Mundial da Academia Internacional de Odontologia Integral (AIOI), realizado em abril, em Santa Cruz, Bolívia. Na imagem, os dotores José Maria Arano, presidente da Espanha e vice diretor do mundo, Jack Vizcaino, presidente de Equador, Byron Benalcazar, presidente mundial, e César Carreira Nunez, ex-presidente do conselho do Equador.
Antônio Inácio Ribeiro*

Antônio Inácio Ribeiro*

seg. 20 junho 2011

save

CURITIBA, Brasil — Neste mundo louco em que nos EUA e na Europa o assunto é fugir da recessão, baixando os juros e tentando aquecer a economia, no Brasil o problema é o super aquecimento, que tem levado as autoridades monetárias a elevar os juros, tentando conter o consumo para este não gerar inflação.  

Aqui o crescimento do PIB acima de 4% pelo segundo trimestre consecutivo, nos Estados Unidos o risco é o desemprego caso se confirme o segundo trimestre seguido de recessão, que a exceção da Alemanha, anda rondando a Europa, onde o que mais acontece é emissão de moeda, enquanto aqui a trocamos, deixando-a parecida com o Euro. E o dólar da dó!

Nestas horas, soluções complexas tem se mostrado ineficientes e o que mais se ouve é o velho cortar gastos de quem ainda tem emprego para gastar. Com medo de que com isso, as empresas diminuam a produção, demitam e isso possa gerar recessão. Isso lá fora, no inverso do que se escuta aqui. Por isso o Brasil tem sido atraente a investimentos.

Com esse quadro macro econômico mundial favorável, a Odontologia brasileira anda na contra mão, em crise quase constante, procurando culpados para os seus problemas, sem discuti-los, sem focar nas soluções e querendo achar o bode expiatório para suas dificuldades, que muitas vezes são conjunturais.

As soluções poderiam ser ações das suas entidades, se bem que nestas, disputas tem sido constantes, muitas vezes por falhas de comunicação. Fulano disse... e aí começa toda uma teia de maldades, sem se buscar a origem do problema e a solução, que em muitos casos seria simples.

No caso da Odontologia, o simples seria se comunicar mais. Tanto as entidades como os próprios profissionais. Entre si, com as entidades e principalmente com seus clientes. Ainda mais agora com a Internet, que facilitou tudo e não está sendo aproveitada convenientemente.

Ande e faça a sua parte. Comunique-se mais com seus clientes, enviando semanalmente um dos 100 Motivos para ir ao Dentista, pois com este simples ato, estará ajudando a muitos, pois quando você envia, muitos outros se beneficiam pelos encaminhamentos destes e-mails.

Monte listas de e-mails de clientes inativos, clientes antigos, clientes atuais, amigos de clientes, clientes que indicam, clientes que não trataram, clientes com débitos, dentre outros e passe a mandar para cada grupo os motivos para virem ao consultório. Simples e sem custo.

Não se esqueça de montar uma lista de colegas amigos, colegas que indicam, colegas de turma e colegas do bairro, dentre outros, para que enviando os 100 Motivos, todos saibam que você está colaborando na busca de solução. Se muitos fizerem, as soluções começarão a aparecer. E as coisas melhoram, como acontece com o Brasil.

* Professor e especialista internacional em gestão, marketing e administração do consultório com mais de 20 livros publicados. Seu mais recente trabalho é uma importante trilogia composta por títulos "Marketing de clínicas ou consultórios", "Gestão de clínicas ou consultórios" y "Sucesso de clínicas ou consultórios". Contacte-lo em: ribeiro@odontex.com.br
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement