Taxas de câncer de boca disparam no Reino Unido

Search Dental Tribune

Taxas de câncer de boca disparam no Reino Unido

E-Newsletter

The latest news in dentistry free of charge.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
De acordo com as descobertas de um novo relatório, novos casos de câncer de boca atingiram um recorde no Reino Unido. (Imagem: Yeexin Richelle/Shutterstock)

RUGBY, Reino Unido: Embora anteriormente se pensasse que o câncer bucal afetava apenas as pessoas que levavam estilos de vida pouco saudáveis, agora é evidente que também pode afetar os jovens que desenvolveram hábitos saudáveis. De acordo com as descobertas publicadas no State of Mouth Cancer UK Report 2022, os casos de câncer de boca atingiram um recorde no Reino Unido. Dadas as descobertas preocupantes, o Dr. Nigel Carter, OBE, executivo-chefe da Oral Health Foundation, acredita que há uma necessidade urgente de aumentar a conscientização sobre a doença.

O câncer de boca representa cerca de 2% de todos os cânceres no Reino Unido. De acordo com dados coletados no recente relatório publicado pela Oral Health Foundation, 8.864 pessoas no Reino Unido foram diagnosticadas com a doença no ano passado – um aumento de 34% na última década. Como mostra o relatório, o número mais que dobrou (103%) na última geração.

Além disso, os números mais recentes mostram que 3.034 pessoas no Reino Unido perderam a vida devido ao câncer de boca no ano passado. Isso aumentou quase 20% nos últimos cinco anos. Segundo o relatório, as baixas taxas de sobrevida podem ser explicadas pelo diagnóstico tardio da doença, já que os dados mostram que mais da metade (53%) de todos os cânceres de boca são diagnosticados em seu estágio mais avançado.

Além disso, constatou-se que um número crescente de jovens está sendo diagnosticado com câncer de boca, mesmo aqueles que se abstêm de fumar e levam um estilo de vida saudável.

“Sabemos que o câncer de boca não discrimina ninguém, você pode fazer escolhas de estilo de vida apropriadas e ainda estar em risco”, comentou a Dra. Catherine Rutland, diretora clínica da Denplan, uma companhia de seguros do Reino Unido. Segundo ela, os pacientes odontológicos devem verificar regularmente em casa os primeiros sinais de câncer de boca.

“Enquanto a maioria dos cânceres está diminuindo, os casos de câncer de boca continuam a aumentar em um ritmo alarmante. Causas tradicionais, como fumar e beber álcool em excesso, estão rapidamente sendo afetadas por fatores de risco emergentes, como o vírus do papiloma humano”, observou o Dr. Carter.

As descobertas foram divulgadas para coincidir com o Mês de Ação contra o Câncer de Boca em novembro, e a instituição de caridade afirmou que aumentará a conscientização sobre o câncer de boca durante a campanha. Embora a pesquisa mais recente da Oral Health Foundation sugira que a conscientização sobre o câncer de boca está melhorando e 88% dos adultos britânicos já tenham ouvido falar sobre o câncer de boca, a educação sobre a doença é difícil de acessar. Para ilustrar esse ponto, a maioria da população, ou 80%, não se lembra de ter visto nenhuma mensagem de saúde pública sobre o câncer de boca, e apenas cerca de 15% se lembra de ter sido exposta a informações sobre a doença no último ano, mostra o relatório.

De acordo com a instituição, também há uma grande necessidade de encontrar uma maneira de conectar o câncer de boca à saúde bucal, já que apenas metade dos pacientes (47%) sabe que um dentista verifica sinais de câncer de boca durante uma consulta odontológica .

Mais informações sobre o câncer de boca podem ser encontradas em mouthcancer.org.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement