Dental Tribune Brazil
A Association of Dental Groups diz que 13 milhões de adultos no Reino Unido faltaram a uma consulta odontológica durante o bloqueio e que 25% de todas as famílias tentaram pelo menos uma forma de “faça você mesmo”. (Imagem: OSORIOartist / Shutterstock)

Milhões de consultas perdidas: a Odontologia do Reino Unido sente o COVID-19

By Jeremy Booth, Dental Tribune International
October 12, 2020

NORTHAMPTON, Reino Unido: Desde meados de junho, as clínicas odontológicas em todo o Reino Unido enfrentaram uma retomada escalonada do atendimento odontológico eletivo após a flexibilização de um bloqueio imposto pelo governo. De acordo com a Association of Dental Groups (ADG), dentistas do Reino Unido e outros profissionais médicos agora têm uma batalha difícil para gerenciar o impacto negativo que o bloqueio teve na saúde bucal.

De acordo com a ADG, milhões de residentes do Reino Unido foram impedidos de consultar um dentista durante o período de bloqueio. A associação ADG, que representa grupos odontológicos e outros fornecedores de Odontologia corporativa no Reino Unido, disse em setembro que os profissionais de saúde do país agora podem esperar um aumento drástico nas taxas de câncer bucal. Além disso, conforme os procedimentos odontológicos de rotina são retomados, a ADG disse que os dentistas e suas equipes precisavam se preparar para os resultados sombrios do que foi um aumento acentuado nos procedimentos odontológicos do tipo “faça você mesmo” (DIY) durante o período de bloqueio.

Uma pesquisa conduzida pela ADG indicou que mais de 13 milhões de adultos no Reino Unido perderam, ou preferiram não comparecer, a consultas odontológicas desde o início do bloqueio em 24 de março. A associação chegou a esta estimativa após os resultados da pesquisa mostrarem que quase metade (49%) das 27,8 milhões de famílias do Reino Unido tinham pelo menos um adulto que não compareceu a uma consulta.

O presidente da associação, Neil Carmichael, comentou no comunicado de imprensa de 10 de setembro: “O fato de tantas pessoas não conseguirem consultas odontológicas ou simplesmente decidir contra elas é profundamente alarmante. Isso sugere que uma série de problemas de saúde bucal estão sendo reprimidos durante o bloqueio e que os dentistas ficarão sobrecarregados quando as consultas de rotina forem reiniciadas”.

“Os dentistas estão especialmente preocupados com o câncer bucal, pois os exames de rotina são a chave para o diagnóstico precoce”, acrescentou. “Se isso não estiver acontecendo e os primeiros sinais de alerta não forem detectados, as taxas de câncer bucal podem disparar em breve.”

Dentistas preocupados com procedimentos “faça você mesmo” no Reino Unido

Os resultados de uma segunda pesquisa sugeriram repercussões preocupantes e generalizadas resultantes de residentes no Reino Unido realizando seus próprios procedimentos odontológicos. A ADG descobriu que 25% de todos os lares do Reino Unido haviam tentado pelo menos uma forma de Odontologia DIY durante o bloqueio. Dos 25,0%, 12,7% (o que equivale a 3,5 milhões de famílias) administraram seus próprios analgésicos para dor dentária ou gengival, 7,9% deles tentaram tratar cárie dentária e 7,6% deles tentaram extrair pelo menos um dente.

A ADG disse em nota à imprensa em 2 de setembro que suas conclusões aumentariam as crescentes preocupações dos dentistas do Reino Unido.

“Essas descobertas sugerem que, quando as consultas de rotina forem reiniciadas, os dentistas de todo o país devem se preparar para um show de horror em saúde bucal”, comentou Carmichael. “Todos os sinais são de que os dentistas serão chamados para reparar os danos causados por dentes quebrados e danificados - além de uma série de outros problemas de saúde bucal que o bloqueio tem acumulado.”

“Isso já seria ruim se já não tivéssemos uma crise de acesso em Odontologia, com muitas pessoas lutando para conseguir consultas. Os ministros devem agora tomar medidas urgentes para garantir que tenhamos os dentistas do NHS (Sistema Nacional de Saúde) de que precisamos para lidar com o que está por vir.”

A ADG conduziu as duas pesquisas como parte de uma campanha que pede aos ministros do governo que tratem do que chama de crise de acesso na Odontologia do Reino Unido.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Latest Issues
E-paper

DT Brazil No. 3, 2015

Open PDF Open E-paper All E-papers

© 2020 - All rights reserved - Dental Tribune International