DT News - Brazil - Estudo indica potencial de extrato de berry para combater bactérias dentárias

Search Dental Tribune

Estudo indica potencial de extrato de berry para combater bactérias dentárias

Oxicocos e mirtilos ricos em fitonutrientes podem ajudar a inibir o biofilme de acordo com um novo estudo. (Foto: NataliTerr/Shutterstock)

qua. 27 fevereiro 2019

guardar

BRISBANE, Austrália: Um estudo recente sugeriu que extratos concentrados de frutas ricas em polifenóis, como cranberries (oxicocos) e blueberries (mirtilos) , poderiam ser benéficos para combater certas bactérias no biofilme dentário. As descobertas da pesquisa, conduzidas na Universidade de Queensland, em Brisbane, e na Universidade de Bristol, no Reino Unido, indicam o potencial dos fenóis do oxicoco para modular a patogenicidade da placa dentária.

O objetivo do estudo foi continuar testando os componentes naturais da fruta como inibidores de bactérias e aprofundar a pesquisa de seus efeitos sobre a saúde bucal.

Os pesquisadores testaram extratos de alta qualidade, preparados como moléculas bioativas de oxicocos, mirtilos e morangos, bem como uma combinação dos três extratos de baga chamados Orophenol , em biofilmes de Streptococcus mutans de 24 horas de idade e os compararam com os efeitos de um veículo controle.

O estudo descobriu que concentrações mais altas de extrato de oxicoco reduziram significativamente a atividade metabólica e a produção de ácido e os biovolumes bacterianos/exopolissacarídeos, bem como resultaram em uma estrutura arquitetônica menos compacta do que a dos biofilmes tratados com controle. O orofenol também teve um impacto significativo, mas ligeiramente inferior ao dos oxicocos. Apenas o maior nível de concentração do extrato de mirtilo reduziu significativamente a atividade metabólica e a acidogenicidade, mas não afetou significativamente a arquitetura do biovolume ou do biofilme. O extrato dos morangos não teve impacto significativo em nenhuma atividade bacteriana. Nenhum extrato matou as bactérias.

A pesquisa continua em extratos de frutas para cuidados de saúde oral e gestão de bactérias.

O estudo, intitulado “ Efeitos inibitórios de extractos de berries em biofilmes de Streptococcus mutans ”, foi publicado online no Journal of Oral Sciences em 28 de dezembro de 2018 antes da inclusão numa edição.

advertisement
advertisement