Dental Tribune Brazil

A análise de radiografias baseada em inteligência artificial economiza tempo no atendimento

By Dental Tribune International
September 30, 2020

BERLIM, Alemanha: Dentistas da Charité - Universitätsmedizin Berlin, juntamente com cientistas de dados e programadores, desenvolveram o dentalXrai Pro - um programa de software que permite que os dentistas realizem a análise de radiografias com base em inteligência artificial (IA). O novo software foi projetado para ajudar os dentistas a identificar patologias e restaurações com mais precisão e em menos tempo, a fim de fornecer o tratamento ideal e melhorar a comunicação com os pacientes.

O Prof. Falk Schwendicke, diretor médico e cofundador do projeto e chefe do Departamento de Diagnóstico Oral, Saúde Digital e Pesquisa de Serviços de Saúde da Charité, disse em um comunicado à imprensa: “O dentalXrai Pro eleva a Odontologia a um padrão, alto nível de qualidade e agilidade imensa na análise de raios-X, para que os dentistas possam usar o tempo de forma mais eficaz para conversar com os pacientes”.

Grande conjunto de dados de radiografias dentárias

Como a maioria dos consultórios odontológicos já faz radiografias digitais, elas podem ser facilmente transmitidas para o dentalXrai Pro. Para fornecer uma imagem pré-analisada em um tempo muito curto, o software baseado em navegador acessa computadores de alto desempenho e uma ampla gama de algoritmos.

Esses algoritmos são o resultado de um treinamento aprofundado em software, usando um grande conjunto de dados de radiografias dentárias, incluindo imagens panorâmicas e bitewing. Dentistas de todo o mundo identificaram nas radiografias dezenas de milhares de alterações patológicas e vestígios de tratamentos dentários anteriores. Esses dados foram então enviados para as redes neurais artificiais, permitindo-lhes distinguir entre diferentes achados, como cáries, infecções e obturações de canal radicular.

DentalXrai como segunda opinião digital na prática odontológica

“A AI não se responsabiliza pelo exame odontológico e não toma decisões sobre o tratamento”, enfatizou Schwendicke. No entanto, facilita o processo para os profissionais da Odontologia e inclui os pacientes no diagnóstico. De acordo com Schwendicke, essa “segunda opinião de um colega digital” ajuda a criar confiança entre os dentistas e seus pacientes.

Nos próximos meses, o foco será nas vendas. “Queremos usar nossas redes e encontrar parceiros de negócios que possam levar nosso software para consultórios odontológicos”, disse Schwendicke. O projeto foi financiado pelo Digital Health Accelerator do Berlin Institute of Health (BIH). “Vimos que o projeto tinha um grande potencial e benefícios para os pacientes desde o início”, comentou Thomas Gazlig, diretor da BIH Innovations.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Latest Issues
E-paper

DT Brazil No. 3, 2015

Open PDF Open E-paper All E-papers

© 2020 - All rights reserved - Dental Tribune International