Dental Tribune Brazil

Segunda Opinião, por favor: ferramenta de radiologia assistida por IA aprovada na Oceaniaia

By Jeremy Booth, Dental Tribune International
November 25, 2021

LOS ANGELES, EUA: Reguladores de saúde na Nova Zelândia e Austrália forneceram autorização de mercado para a “Second Opinion” (Segunda Opinião), uma ferramenta de inteligência artificial (IA) que auxilia na radiologia dentária. A Second Opinion é o carro-chefe da empresa de tecnologia odontológica Pearl, que afirma que a ferramenta vai garantir que os pacientes nos dois países recebam um padrão mais elevado de atendimento odontológico.

A Segunda Opinião recebeu a marca CE europeia no início deste ano e, em outubro, recebeu autorização como ferramenta auxiliar para uso em radiologia dentária da Administração de Produtos Terapêuticos da Austrália e da Autoridade de Segurança de Medicamentos e Dispositivos Médicos da Nova Zelândia.

Pearl se refere à Second Opinion como uma plataforma de visão computacional que pode identificar e medir uma série de patologias, restaurações existentes e anatomia em radiografias dentárias. A empresa explicou em um comunicado à imprensa que a Segunda Opinião aplica visão radiológica por computador que destaca áreas potenciais de interesse e fornece aos dentistas um segundo par de olhos para a interpretação de radiografias. Isso ajuda “os dentistas a garantir que as decisões de atendimento ao paciente sejam baseadas na base mais forte possível e a dar aos dentistas um novo nível de segurança ao comunicar as descobertas aos pacientes”, disse a empresa.

“Nossa tecnologia Second Opinion permite que os dentistas realizem seu trabalho com mais confiança, atendam mais pacientes e garantam um padrão mais elevado de atendimento com base na necessidade”
- Ophir Tanz, CEO, Pearl

De acordo com Pearl, os pacientes também serão beneficiados com a tecnologia. “Os pacientes na Austrália e na Nova Zelândia em breve terão a oportunidade de experimentar IA durante as consultas odontológicas e obter a garantia de que estão recebendo o melhor diagnóstico e plano de tratamento com base em suas necessidades individuais”, comentou Ophir Tanz, CEO e fundador da Pearl, no nota de imprensa. “Nossa tecnologia Second Opinion permite que os dentistas façam seu trabalho com mais confiança, vejam mais pacientes e garantam um padrão mais elevado de atendimento com base na necessidade. Todos esses fatores estão impulsionando o crescimento e melhores resultados para os pacientes na odontologia”, acrescentou Tanz.

A Second Opinion foi exibida no estande de Pearl durante o International Dental Show em Colônia, na Alemanha, em setembro. Tanz disse durante a feira de negócios: “No momento em que dentistas e pacientes vivenciarem a Segunda Opinião, eles entenderão por que temos falado tanto sobre o potencial da IA ​​para revolucionar a odontologia”.

Pearl diz que em breve a tecnologia estará disponível para dentistas na Austrália e na Nova Zelândia e que as clínicas odontológicas dos dois países podem se cadastrar para ter acesso antecipado ao software.

As aprovações regulatórias, disse Pearl, são um sinal do crescente reconhecimento do uso de IA na Odontologia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

© 2021 - All rights reserved - Dental Tribune International