Dental Tribune Brazil

Organização Europeia CanCer decide atacar cânceres relacionados ao HPV

By Dental Tribune International
January 22, 2020

BRUXELAS, Bélgica/Rugby, UK: Na recente reunião “2019 European Cancer Summit” da Organização Europeia (ECCO-sigla em inglês), o comitê “ECCO Oncopolicy Committee” concordou em uma resolução declarando que, até 2030, todos os países europeus devem ter estratégias eficazes para eliminar os canceres causados pelo papilomavírus humano (HPV). Uma doença pode se manifestar muitos anos após a infecção pelo HPV, que é a principal causa de câncer de boca, principalmente entre os jovens, e as taxas de incidência estão aumentando constantemente em toda a Europa.

A resolução foi desenvolvida pelo ECCO em conjunto com várias de suas sociedades membros e vários outros interessados ​​externos e foi precedida por um período de consulta pública no início deste ano. A resolução apoia as metas auto descritas da Organização Mundial da Saúde (OMS) 90-70-90, descritas em seu rascunho da Estratégia Global para a Eliminação do Câncer Cervical como Problema de Saúde Pública , que até 2030 pretendem ter:

  • 90% das meninas totalmente vacinadas com a vacina contra o HPV aos 15 anos de idade;
  • 70% das mulheres rastreadas com um teste de alta precisão aos 35 e 45 anos de idade; e
  • 90% das mulheres diagnosticadas com doença cervical recebem tratamento e cuidados.

Quase todos os casos de câncer do colo do útero estão associados ao HPV, que também desempenha um papel em quase 70% dos cânceres orais. Embora muitos países europeus ofereçam rastreio do câncer do colo do útero e amplos programas de vacinação contra o HPV, vários desses países, incluindo Alemanha e França, relataram uma captação de vacinas contra o HPV em menos de 50%, segundo o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças .

Vários países europeus, incluindo Áustria, Croácia e Reino Unido, recentemente estenderam seus programas de vacinação contra o HPV para abranger meninos e meninas adolescentes.

"Os cânceres e doenças do HPV afetam centenas de milhares de pessoas em toda a Europa todos os anos", disse Nigel Carter, OBE, Chefe Executivo da Oral Health Foundation.

"Agora temos uma vacinação eficaz que pode proteger as pessoas contra o HPV, mas, apesar disso, a maioria dos países da Europa ainda não está vacinando meninos e meninas", continuou ele.

“Em setembro, quando o Reino Unido estendeu a vacinação contra o HPV para meninos, foi um dos marcos mais importantes e significativos da saúde pública nos últimos tempos. Foi uma decisão que salvará milhares de vidas. Isso agora precisa se estender por toda a Europa”, concluiu Carter.

A resolução do ECCO sobre HPV pode ser acessada aqui.

Comments are closed here.

© 2020 - All rights reserved - Dental Tribune International