Governo britânico publica a parte dois do plano de ação para obesidade infantil

Search Dental Tribune

Governo britânico publica a parte dois do plano de ação para obesidade infantil

E-Newsletter

The latest news in dentistry free of charge.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
A parte dois do plano de ação do governo britânico para combater a obesidade infantil foi publicada. A obesidade tem sido demonstrada por numerosos estudos como um fator de risco para doenças bucais, como cárie dentária, gengivite e periodontite. (Foto: Monkey Business Images/Shutterstock)
Dental Tribune International

By Dental Tribune International

sex. 10 agosto 2018

save

LONDRES, Reino Unido: Dois anos depois do governo britânico publicar a parte um do seu plano de ação para combater a obesidade na infância, a parte dois foi publicada. A publicação de acompanhamento esboça uma proposta para mudanças radicais nos comerciais de junk food, incluindo um potencial divisor de águas de 21 horas em comerciais para produtos mais insalubres.

O plano de ação para a obesidade infantil é informado pelas evidências mais recentes sobre esse assunto e visa reduzir pela metade a obesidade infantil na Grã-Bretanha até 2030. Além disso, procura reduzir a lacuna na obesidade entre crianças nas áreas mais pobres e menos favorecidas.

De acordo com a Public Health England, mais de uma em cada três crianças que concluíram o ensino primário em 2017 estavam acima do peso em algum grau. A obesidade tem sido demonstrada por numerosos estudos como um fator de risco para doenças bucais, como cárie dentária, gengivite e periodontite.

A publicação do plano de acompanhamento foi bem recebida por organizações como a Associação Dentária Britânica (BDA- sigla em inglês), que há muito defende mudanças na forma como os produtos com alto teor de açúcar são comercializados para crianças britânicas.

“Depois de uma estratégia de obesidade diluída, estamos satisfeitos que os ministros tenham oferecido um segundo curso mais substancial”, disse o Dr. Mick Armstrong, diretor principal do comitê executivo da BDA.

“O progresso é um tributo à pressão implacável de ativistas e profissionais de saúde. A ação sobre o marketing e a venda de produtos com alto teor de açúcar são etapas necessárias para enfrentar os principais desafios de saúde que este país enfrenta atualmente. Infelizmente, dado que sabemos sobre os agentes que alimentam essas condições e os desafios comuns que enfrentamos para lidar com as profundas desigualdades na saúde, é uma oportunidade perdida que o governo não tenha conseguido juntar os pontos sobre a obesidade e a cárie dentária”.

“Há muita conversa sobre colocar a boca de volta no corpo. Quando a cárie dentária é o motivo número um para admissão hospitalar infantil, ela precisa ser mais do que um PS na estratégia de outra pessoa.”

Obesidade Infantil: Um Plano de Ação, Capítulo 2 foi publicado on-line em 25 de junho pelo Departamento de Saúde e Cuidado Social, e pode ser acessado on-line aqui.

advertisement
advertisement