Estudo relaciona poder aquisitivo com dor de dente

Search Dental Tribune

Estudo relaciona poder aquisitivo com dor de dente

E-Newsletter

The latest news in dentistry free of charge.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
Doenças bucais, que variam desde cáries a câncer, causam dores em milhões de americanos todos os anos. (Foto: Adam Gregor/Shutterstock)
Dental Tribune International

Dental Tribune International

seg. 6 maio 2013

save

JOÃO PESSOA – Embora haja evidências de que fatores sociais afetam a saúde bucal, poucos estudos focaram neste tema. Atualmente, uma pesquisa brasileira sugeriu que o poder aquisitivo, os padrões sociais, a intensidade de relacionamento entre pessoas nas redes e os valores compartilhados que surgem nas redes, estão associados à dor de dente. O estudo revelou que indivíduos residentes em bairros de alto poder aquisitivo possuíam a chance de reportarem dor de dente reduzida pela metade quando comparada àqueles que residiam em bairros de baixo poder aquisitivo.

No estudo, os pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba investigaram os impactos do poder aquisitivo contextual e do poder aquisitivo individual, que são características da organização social que facilitam a cooperação de benefício mútuo, como confiança alheia, na dor de dente.

O estudo envolveu 624 indivíduos de 30 bairros em três cidades do Estado da Paraíba, nordeste brasileiro. As cáries dentárias foram examinadas e os indivíduos foram entrevistados entre 2010 e 2011 sobre a prevalência de dor de dente nos últimos seis meses. No geral, a dor de dente foi prevalente em 27 por cento.

Embora fatores individuais como a última consulta dentária, cuidados de higiene bucal e o número de dentes cariados tenham sido associados à dor de dente, os pesquisadores também identificaram uma relação entre o nível de poder aquisitivo do bairro do indivíduo e a dor de dente. Em particular, indivíduos residentes em bairros de alto poder aquisitivo reportaram menos 52 por cento dor de dente comparado àqueles de baixo poder aquisitivo. Em adição, a probabilidade de relatar dor de dente foi 12 por cento menor entre aqueles com poder aquisitivo semelhante, o que é descrito como uma forte conexão entre pessoas, por exemplo, membros de uma família ou membros de um grupo étnico.

Os pesquisadores sugeriram que o poder aquisitivo do bairro e individual pode beneficiar a saúde bucal por exercer uma influência positiva em comportamentos saudáveis, e que o bairro de poder aquisitivo elevado pode proteger de aflições psicológicas que têm sido associadas ao aumento dos riscos de doenças bucais devido ao fumo e ao consumo de alimentos pouco nutritivos como os doces.

No geral, as descobertas sugerem que o efeito do contexto social na dor de dente é mais importante do que o efeito das relações sociais do indivíduo, concluíram os pesquisadores. Entretanto, é necessário mais pesquisa para determinar a influência do poder aquisitivo e, assim, melhorar a igualdade e reduzir as desigualdades de saúde bucal através de políticas públicas, acrescentaram.

Além disso, o alto poder aquisitivo foi associado à melhor saúde, níveis educacionais mais elevados, melhores propostas de emprego e menores taxas de criminalidade.

O estudo foi publicado online no jornal BMC Oral Health em 4 de Janeiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement