Dental Tribune Brazil

Suécia prevê contínua escassez de dentistas

JOHANNESHOV, Suécia: Em 15 anos, ainda haverá uma escassez de dentistas. Essa é a conclusão de uma nova previsão do Gabinete do Chanceler da Suécia e da Autoridade Sueca de Educação Superior (UKÄ) que avalia a necessidade de graduados universitários no mercado de trabalho e o número de vagas de treinamento para eles em instituições de ensino.

Conforme relatado pela revista dos membros da Associação Dental Sueca Tandläkartidningen, a previsão do UKÄ é de que o número de dentistas terá de aumentar em 10% até 2035. O estudo levou em consideração tanto o número de alunos que devem concluir o treinamento de dentistas que se deslocam de e para a Suécia. A agência também destacou que a demanda por dentistas deve aumentar em 10% no mesmo período, principalmente devido ao crescimento populacional.

Atualmente, o mercado de trabalho para dentistas é bom. Quase todos aqueles que se formaram em 2016/2017 conseguiram empregos dentro de um ano e meio após a graduação. No entanto, os resultados também mostram que as necessidades do mercado de trabalho estão crescendo em muitas áreas, e a previsão é que o número de graduados universitários futuros não cubra essas necessidades. De acordo com os especialistas, espera-se que isso venha a representar grandes desafios no futuro, não só para as instituições de ensino superior, mas também para as atividades em questão.

Para a maioria dos programas de educação e formação de professores, há um risco de aumento da escassez de mão de obra em 2035. O mesmo é verdade para a maioria da educação em saúde e assistência social.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

© 2021 - All rights reserved - Dental Tribune International