DT News - Brazil - Os pesquisadores descobrem uma base genética para ansiedade dentária

Search Dental Tribune

Os pesquisadores descobrem uma base genética para ansiedade dentária

Um novo estudo concluiu que o medo de dentista e ansiedade podem ser hereditários. (Foto: Drpixel/Shutterstock)
Dental Tribune International

Dental Tribune International

ter. 29 novembro 2016

guardar

MORGANTOWN, W.Virgínia, EUA: Ansiedade relacionada ao cuidado de saúde dentária causada pelo medo da dor em particular, é um problema comum que afeta os padrões de visita ao dentista e compromete a saúde oral e a saúde geral de grandes partes da população mundial. Psicólogos nos EUA têm descoberto que, além de fatores ambientais, influências genéticas desempenham um papel importante no desenvolvimento de medo e ansiedade odontológicos.

O estudo que incluiu 1.370 participantes (com idades de 11a74 anos), dos quais 827 eram do sexo feminino, demonstraram que o medo de sentir dor, um problema relacionado, mas separado do medo de dentista, é hereditário. Os pesquisadores descobriram que alguns dos genes que influenciam o medo de sentir dor influencia provavelmente o medo de dentista também.

"A conclusão mais importante do presente estudo é que nossos genes podem predispor-nos a ser mais suscetíveis a desenvolver o medo do dentista, talvez através de variáveis relacionadas com dor", disse Cameron L. Randall, autor e doutorando no Departamento de Psicologia na Universidade de West Virginia, no qual foi realizado o estudo.

Os pesquisadores acreditam que os novos achados podem ter implicações importantes para melhorar os futuros tratamentos odontológicos, como uma melhor compreensão da ansiedade dentária pode levar ao desenvolvimento de intervenções destinadas a reduzir o sofrimento que é uma barreira para a procura de cuidados dentários.

"Esta informação, juntamente com um entendimento bem documentado do importante papel de experiências anteriores e ambiente causando medo do dentista, podem nos ajudar a desenvolver novas maneiras de tratar o medo e fobia," concluiu Randall.

O estudo intitulado "Rumo a uma compreensão da genética do medo de dentista: Evidências de hereditariedade," foi publicado online em 11 de outubro na revista Community Dentistry and Oral Epidemiology antes da versão impressa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement