Dental Tribune Brazil

“Não estamos vendendo implantes”- repensando o carregamento imediato do implante

By Franziska Beier, Dental Tribune International
March 05, 2021

A carga imediata está cada vez mais sendo oferecida como um método de rotina na cirurgia de implante dentário. Porém, de acordo com o Dr. Mauro Labanca, deve-se tratar com mais cautela, pois pesquisas demonstram que suas taxas de sucesso nem sempre correspondem às dos métodos tradicionais. Em um próximo webinar gratuito em 10 de março, ele explicará como garantir cuidados qualitativos enquanto aplica ferramentas cientificamente comprovadas que permitem aos médicos obter dados objetivos sobre a estabilidade do implante que são comparáveis ao longo do tempo.

Dr. Labanca, cada vez mais profissionais da odontologia geral estão realizando terapias com implantes dentários, e os tempos de tratamento e cura estão cada vez mais reduzidos. Na sua opinião, estamos retrocedendo e não avançando na implantologia dentária?
Você apontou uma questão muito importante. Minha sensação é que estamos enfrentando um momento na sociedade em que esperamos receber tudo de que precisamos imediatamente. Pacientes e dentistas imaginam que a biologia também pode seguir essas regras. Este é, obviamente, um grande erro, que muitas vezes resulta em fracasso. Muitas vezes, ouço propostas que são mais sobre marketing do que medicina. Devemos voltar ao fato de que oferecemos soluções clínicas; não estamos vendendo implantes! E se tivermos que esperar um pouco mais para um melhor resultado de longo prazo, esse melhor resultado sempre justificará nossa decisão.

O Dr. Mauro Labanca pratica cirurgia oral e implantologia desde 1992 em seu consultório odontológico particular localizado em Milão, na Itália. (Imagem: Mauro Labanca

Em um editorial de 2020, você afirmou que muitas reivindicações de novos produtos ou métodos em implantologia dentária carecem de suporte científico suficiente. Isso também é válido para o carregamento imediato?
Absolutamente sim. No passado, estávamos acostumados a esperar muito tempo para obter resultados verdadeiramente baseados em evidências. Agora, estamos nos movendo para adotar novos procedimentos clínicos ou novos produtos muito rapidamente e não tendo o tempo necessário para verificar sua confiabilidade a longo prazo.

Como os profissionais de odontologia podem garantir a boa qualidade e o melhor resultado em tratamentos com implantes, bem como aplicar - como você colocou na descrição do webinar - a consciência?
Muitas vezes vejo que os colegas, independentemente da idade, estão mais interessados em ser atraentes, em sugerir a solução mais atualizada ou em aceitar o que os pacientes pedem, em vez de serem profissionais médicos com a única intenção de encontrarem juntos a melhor solução com o paciente. Lembro-me claramente de que, quando ensinei odontologia baseada em evidências, passamos rapidamente desse conceito para o conceito de evidência orientada para o paciente que importa (POEMAS). Isso é o que sempre devemos considerar: os pacientes precisam de soluções adequadas.

Em seu webinar, você também falará sobre medição de quociente de estabilidade de implante (ISQ sigla em inglês) e análise de frequência de ressonância por Osstell. Como essas ferramentas podem apoiar os profissionais da área odontológica no processo de tomada de decisão?
Surpreendentemente, ainda consideramos a medição ISQ como uma nova ferramenta! É um conceito muito antigo e foi bem estudado e validado por muitos anos e documentado em vários artigos. É um método indispensável de avaliação objetiva da estabilidade primária do implante, o parâmetro mais importante de sucesso. Ajuda o dentista a tomar as decisões corretas sobre os procedimentos cirúrgicos e o momento dos procedimentos pós-operatórios. Além disso, é muito útil para explicar ao paciente o que fazemos e por quê. Apesar do fato de termos essa ótima ferramenta e do fato de muitos médicos proporem implantes pós-extração imediata ou carga imediata, esses sistemas ainda estão disponíveis em muito poucas clínicas.

Nota editorial: O webinar, intitulado “Immediacy: Always properly performed?”, será apresentado ao vivo na quarta-feira, 10 de março, às 13h00. CET. Os participantes terão a oportunidade de fazer perguntas sobre o tópico após a conclusão e ganhar um crédito de educação continuada. A inscrição no site Osstell Campus é gratuita.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

© 2021 - All rights reserved - Dental Tribune International