Entrevista: “A ideia de que gestão é um fardo para os dentistas é naturalmente irracional”

Search Dental Tribune

Entrevista: “A ideia de que gestão é um fardo para os dentistas é naturalmente irracional”

O Dr. Kianor Shah é o fundador da Dental Equities. (Foto cortesia do Dr. Kianor Shah)
Claudia Duschek, DTI

Claudia Duschek, DTI

seg. 12 maio 2014

save

Nas últimas quatro décadas, a gestão de operações centralizada tem crescido rapidamente na América do Norte e em regiões da Europa. Entretanto, o Dr. Kianor Shah, fundador da Dental Equities, uma nova plataforma de cooperação descentralizada, acredita que colocar as operações em mãos de terceiros também pode colocar os lucros acima da responsabilidade dos cuidados ao paciente. Shah disse ao Dental Tribune ONLINE o porquê os desafios da profissão odontológica, especialmente relacionadas à prática de gestão, só podem ser resolvidos através de uma abordagem coletiva.

Dental Tribune ONLINE: Dr. Shah, como o senhor e a sua equipe tiveram a ideia de uma plataforma descentralizada?
O modelo de cooperação e seu conceito surgiram nas indústrias não relacionadas aos cuidados da saúde. Nós observamos cuidadosamente e de perto o seu sucesso e pensamos em tentar a utilização no modelo operacional atual que é descentralizado e proporciona aos dentistas a retomada do controle de sua própria profissão.

Nós abordamos especialistas em todos os campos aplicáveis para verificar se a descentralização seria eticamente, legal, profissional e financeiramente possível, e, se sim, como poderíamos executá-la com moderada certeza.

A Dental Equities declarou que a gestão centralizada e as operações financeiras dos consultórios odontológicos devem ser reformadas. Quais são as vantagens de um sistema descentralizado?
Melhora motivacional e moral, é o que vem a minha mente. Entre as vantagens de um sistema descentralizado, como o empresariado individual de consultórios odontológicos, os membros são encorajados à autonomia, melhoria do desenvolvimento e supervisão das aptidões ao mesmo tempo em que a gestão democrática é exercitada.

O objetivo fundamental de todas as leis que regem a propriedade/posse é garantir que os pacientes tenham acesso ao cuidado bucal de alta qualidade e que esse seja controlado e supervisionado por um dentista proprietário da clínica. É importante que o dentista demonstre habilidade clínica e que a clínica não seja administrada por interesses especiais e supostos dentistas proprietários que nunca puseram os pés no consultório.

A ideia de que as Organizações de Gestão de Serviço Odontológico (OGSO) de certo modo fazem com que a odontologia evolua através do uso de tecnologia e da noção de que eles removem as tarefas não relacionadas à parte clínica para que os dentistas possam ficar livres dos fardos administrativos é simplesmente falso, porém muito utilizado. Por exemplo, é mencionado que a qualidade pode ser comprometida se forem agendadas muitas consultas; a escolha de fornecedores, equipamentos e laboratórios de qualidade inferior; entre outros. Após oito anos de pesquisa, nós não conseguimos encontrar uma razão persuasiva para elogiar nenhuma das OGSO que observamos, trabalhamos ou estudamos — e há muitas.

Além disso, a ideia de que gestão é um fardo para os dentistas é naturalmente irracional. Nós observamos, trabalhando com mais de 600 consultórios odontológicos por todos o país, que os dentistas são geralmente mais felizes quando trabalham com seus funcionários. A chave é encontrar a gestão correta, convocar reuniões regularmente, e aproveitar os mesmos benefícios prometidos por essas organizações sendo independente.

O senhor poderia explicar o que a plataforma da Dental Equities oferece para os profissionais da odontologia?
A plataforma, que atualmente possui 632 membros, tem três componentes. O primeiro é o mecanismo administrativo conjunto que permite aos dentistas a utilizá-lo confortavelmente, com autonomia, enquanto mantêm o controle de seus negócios sem a interferência de terceiros. Esse tem sido o nosso argumento de que uma pessoa não pode separar completamente o negócio da parte clínica em odontologia. Eles caminham juntos e todas as decisões administrativas são melhores se feitas por profissionais que entendem a relação entre paciente-médico.

O segundo componente é um esforço acadêmico que foca a educação continuada. No futuro, exploraremos e patrocinaremos sistemas únicos de entrega e eventos ao vivo.

O terceiro, um componente financeiro, que terá implantação nacional em junho, foi criado para beneficiar mais os pacientes e os dentistas. Um dos nossos programas é um sistema financeiro de paciente que é custeado hibridamente, por dentistas e meios financeiros disponíveis, sem nenhum empecilho ao consultório ou à relação paciente-médico. Outro programa pendente é o financiamento dos dentistas para possibilitarem a si mesmos a aquisição do próprio consultório e financiar custos elevados, enquanto almejam a educação continuada, equipamentos e suprimentos que eles querem e não o que é feito disponível ou requerido por terceiros. O sucesso desse projeto traria uma mudança de paradigma do método na profissão odontológica com o desejo de corrigir as falhas existentes nos sistemas financeiro e de gestão enquanto derrubaria barreiras que nos dividem, internamente e internacionalmente.

A missão da Dental Equities é elevar o profissionalismo entre os dentistas e fazer com que os cuidados bucais sejam mais acessíveis e possíveis. Como o senhor conseguirá isso?
Um sistema tripartido de verificações e balanços será feito entre gerentes, dentistas e especialistas. Nossos três quadros consistem no quadro de gerente executivo, quadro de conselheiros e quadro de especialistas, que juntos consistem em 26 profissionais. Os dentistas estão no controle da plataforma e continuarão no desenvolvimento da mesma com a instrução de outras duas partes. Girando em torno do ciclo de interesse em comum e espírito de camaradagem, nem o benfeitor ou o dentista beneficiário interagem diretamente para criar um nexo de colaboração e participação, sendo assim desprovidos de interferência direta ou indireta na relação paciente-médico por estranhos desqualificados.

Nós também acreditamos que o aumento dos custos pode ser parcialmente atribuídos à interferência de tais mediadores. Por isso, proporcionaremos aos nossos colegas financiamentos e ajudaremos a aumentar seus negócios sem desistirem da propriedade.

Em adição, nós ajudaremos no fornecimento do acesso ao cuidado de qualidade aos pacientes através de sistemas operados por dentistas, e não por estranhos aproveitadores que contornam e burlam as leis. A sugestão de que as OGSO aumentaram o acesso aos cuidados de saúde bucal às pessoas carentes é significativamente hilário. As estatísticas livres continuam apelativas como sempre.

No dia 21 de junho, a Dental Equities terá o seu primeiro encontro anual. Quais são as expectativas para o evento?
Nossas expectativas para o primeiro evento anual são para que seja um sucesso na divulgação da importante mensagem da qualidade dos cuidados ao paciente, para que sirva de degrau para reuniões vindouras, e uma demonstração aos nossos colegas de que superamos qualquer desafio com solidariedade e união, respeitando nossos princípios em comum.

Em junho, iremos apresentar nossa visão para cerca de 250 participantes de sala, conferencistas globalmente conhecidos, e a presença de 18 membros da rede de fornecimento num modelo interativo futurista transmitindo ao vivo aos nossos colegas. O objetivo é consolidar os benefícios de grandes conferências ao acesso e unidades eficientes.

Todos os dentistas do mundo serão bem-vindos, e nós encorajamos os dentistas a participarem do projeto. Nós podemos ser encontrados em nosso website oficial, www.dentalequities.com.

O primeiro encontro anual irá destacar um simpósio patrocinado de educação continuada apresentado pelo Dental Tribune Study Club. Profissionais odontológicos interessados em participar do evento da Dental Equities C.E. poderão efetuar o cadastro no website DT Study Club.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement