Dental Tribune Brazil
Confidental é um serviço que permite desabafar e conversar sobre seus problemas com total confiança. (Imagem: MicroOne/Shutterstock)

Entrevista: “Nosso objetivo é fornecer primeiros socorros em saúde emocional para dentistas”

By Monique Mehler, Dental Tribune International
August 31, 2020

Odontologia pode ser uma profissão estressante, na qual a importância da saúde mental é muitas vezes esquecida, e a incerteza sobre onde buscar ajuda pode ser esmagadora. Com o tempo, isso levou a altas taxas de depressão e suicídio entre os profissionais de Odontologia no Reino Unido. Para melhorar a situação e trabalhar na prevenção foi fundada a linha de apoio Confidental que oferece suporte emocional para dentistas prestados por seus colegas. Em uma entrevista ao Dental Tribune International, o Dr. John Lewis, que trabalha como dentista na Ghyllmount Dental em Penrith, no Reino Unido, e faz parte da rede Confidental, compartilhou algumas impressões sobre o importante trabalho que a linha de apoio está realizando.

Dr. Lewis, como surgiu a ideia da Confidental?
Foram as experiências individuais dos Drs. Jeremy Cooper, Lauren Harrhy, Jenny Pinder e Keith Hayes que levaram à criação da organização de linha de apoio Confidental. Em particular, foi o suicídio de um colega que levou Jeremy a debater a ideia do Confidential em um fórum odontológico em abril de 2018. Isso levou a reuniões iniciais de treinamento de voluntários no início de janeiro de 2019 e em abril de 2019. O Confidental foi ao ar com um punhado de voluntários em maio do mesmo ano. Três voluntários estão de plantão por vez, em turnos das 7h às 19h e a partir das 19h00 às 7 da manhã.

Nosso objetivo é fornecer primeiros socorros emocionais 24 horas por dia para dentistas em perigo. A linha de apoio Confidental é oferecida por voluntários treinados, todos dentistas, que dedicam seu tempo livre para ouvir os colegas. Eles não são julgadores e muitas vezes podem desencadear um ponto catártico a partir do qual o interlocutor pode começar a pensar nas soluções certas para ele. Às vezes, podemos oferecer indicação aos atendidos de outras pessoas que são mais capazes para fornecer assistência adicional. Frequentemente, as pessoas que ligam nos dizem que apenas ter tempo para conversar sobre suas preocupações tem sido extremamente útil.

A pesquisa mostrou que os profissionais de Odontologia correm alto risco de doenças mentais e físicas relacionadas ao estresse. Você acha que a segurança e saúde ocupacional não são levadas a sério na Odontologia?
Nós sabemos como a Odontologia pode ser uma profissão estressante. O estresse psicológico de cuidar de pacientes, combinado com temores de litígio ou investigação por parte dos reguladores e preocupações com a administração de uma pequena empresa, assim como o gerenciamento de equipe e cumprimento de obrigações contratuais podem ser adicionais ao trauma diário da vida, e isso às vezes se transforma em noites sem dormir e até pensamentos de suicídio. Em janeiro de 2019, pesquisadores da British Dental Association encontraram altos níveis de estresse e esgotamento entre mais de 2.000 dentistas do Reino Unido, dos quais quase um quinto (17,6%) admitiu que tinha pensado seriamente em suicídio. Como profissão, defendemos a saúde ocupacional e mental da boca pra fora até que as circunstâncias nos obriguem a considerá-la.

Um excelente exemplo disso é a avaliação de risco de funcionários de grupos negros, asiáticos e de minorias étnicas (BAME-sigla em inglês) - ou daqueles que têm familiares ou parentes de origem BAME - que de repente foi necessária devido ao resultado da taxa de mortalidade desproporcional entre esses grupos durante a pandemia COVID-19. O NHS (Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido) se comprometeu a fornecer serviços de saúde ocupacional para todos os dentistas e sua equipe por muitos anos, mas isso só se tornou disponível localmente em maio de 2020. Muitos dentistas são profissionalmente isolados e autossuficientes em suas próprias clínicas, encontrando poucos colegas profissionais. O surgimento de grupos no Facebook - dos quais Mental Dental - Um Grupo para Dentistas em Crise é um excelente exemplo - destacou a má saúde mental e a ansiedade experimentada por um número significativo de nossos colegas neste país.

A pandemia de COVID-19 colocou estresse e preocupações adicionais nos profissionais de saúde bucal. Vocês receberam mais ligações nos últimos meses em comparação aos anteriores? Quais são os tópicos mais abordados pelas pessoas que ligam?
As ligações para a linha de ajuda mudaram com o avanço da pandemia. Inicialmente, tratava-se de falta de equipamentos de proteção individual (EPI) nas clínicas. A ênfase logo mudou para as preocupações financeiras, conforme o dinheiro ficou apertado e os associados e diretores começaram a se preocupar com suas rendas. Nos estágios mais recentes da pandemia, as ligações passaram a se concentrar em EPI avançado, testes de ajuste e ansiedade sobre o retorno ao trabalho.

Demonstrou-se que, embora a maioria dos membros da profissão se comportam decentemente com os colegas, isso não é universal. Antes do COVID-19, as preocupações gerais expressas nas ligações incluíam o bullying como um tema recorrente, seja na clínica ou pelos reguladores. As pessoas que ligam frequentemente dizem que sentem que não podem discutir esses assuntos com mais ninguém e que optaram por nos contatar porque nosso serviço é confidencial.

Qual é o feedback que vocês recebem dos profissionais de Odontologia que utilizam seus serviços?
No geral, o feedback que recebemos é muito bom e os profissionais da área odontológica costumam ligar de volta para expressar seus agradecimentos. Os autores das chamadas costumam comentar que tiveram uma “ligação adorável” e uma “experiência realmente positiva”. As pessoas que ligam exporadicamente também explicam com mais detalhes o quanto a Confidental os ajudou a resolver um problema, como em um caso específico que alguém relatou: “Acabei de ligar e falei com uma pessoa maravilhosa da Confidental a respeito de uma pequena disputa no consultório, que foi um tortura constante nas últimas duas, três semanas. Não tenho como agradecer o suficiente a essa pessoa que respondeu em uma noite de sexta-feira, às 20h30, minha primeira chamada e me orientou sobre o que fazer imediatamente. Sério, que alívio.”

O que você acha que precisa ser feito para criar um ambiente de trabalho mais saudável? Você tem algum conselho para dentistas que estão lutando com sua saúde mental, mas parecem não saber por onde começar?
Como eu disse anteriormente, a Odontologia pode ser uma profissão muito isolada e, a menos que tenhamos cuidado, ficará ainda mais. A pós-graduação ou os clubes de estudo costumavam ser uma maneira fácil de encontrar colegas, mas com o aumento da oferta de educação on-line e webinars, essa oportunidade foi perdida. Discutir seus problemas com os colegas é sempre a melhor maneira, e quando eu era mais jovem, isso costumava ser feito me encontrando em um bar no final do dia. No entanto, para muitos, a mídia social substituiu o contato pessoal, e isso muitas vezes pode ser impessoal, com muitos especialistas on-line oferecendo opiniões diferentes.

É aqui que a Confidental se destaca em atendimento personalizado 24 horas por dia, 7 dias por semana, com colegas experientes, treinados para ouvir e ajudar na busca de soluções, não apenas para opinar. Às vezes, a melhor solução é agir como um serviço de postagem para outros provedores, como o Dentist Health Support Trust ou o NHS Practitioner Support Service.

Alguns ligam várias vezes antes de realmente se sentirem confiantes o suficiente para falar com um voluntário. Isso é totalmente normal e é o caso de muitas outras linhas de apoio. Não temos nenhuma pressão de tempo, então podemos ouvir os colegas pelo tempo que for preciso; algumas ligações podem durar mais de uma hora e algumas pessoas ligam várias vezespara falar sobre o mesmo problema.

 

Nota editorial: A equipe da Confidental está disponível dia e noite e pode ser contatada pelo telefone +44 (0) 333 987 5158. Mais informações (em inglês) podem ser encontradas no site oficial, que também inclui uma extensa lista de recursos adicionais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Latest Issues
E-paper

DT Brazil No. 3, 2015

Open PDF Open E-paper All E-papers

© 2020 - All rights reserved - Dental Tribune International