Abordagem individualizada é necessária para melhorar a saúde oral de pacientes de home care

Search Dental Tribune

Abordagem individualizada é necessária para melhorar a saúde oral de pacientes de home care

E-Newsletter

The latest news in dentistry free of charge.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
Pesquisadores finlandêses descobriram que a intervenção preventiva de saúde bucal personalizada melhora a saúde dentária entre os idosos. (Foto: Photographee.eu/Shutterstock)
Dental Tribune International

By Dental Tribune International

seg. 27 março 2017

save

JOENSUU, Finlândia: Um estudo da University of Eastern Finland investigou como uma medida preventiva ajustada de intervenções de cuidados de saúde oral afetam a saúde bucal e qualidade de vida de pacientes idosos em home care. Eles descobriram que, embora as medidas melhorassem a limpeza dos dentes e próteses dentárias, consequentemente melhorando a capacidade funcional e a função cognitiva, o número de dentes com placa permaneceu elevado mesmo após a intervenção.

Seja devido a um aumento da dependência de cuidados de apoio ou agravamento do estado de saúde em geral, má saúde oral é comum entre os idosos e prevalente especialmente em pacientes de home care. Além disso, o prejuízo cognitivo muitas vezes aumenta o risco de comprometimento da higiene bucal em idosos. Com o objetivo de investigar a eficácia de uma medida de intervenção preventiva de saúde oral, os pesquisadores finlandeses investigaram como a escovação duas vezes ao dia com pasta de dente fluoretada e limpeza adicional diária dos espaços interdentais, dentaduras e mucosa oral influenciava a saúde oral em um grupo de 151 clientes de home care com mais de 75 anos.

Antes da intervenção, uma entrevista e exame clínico oral foram realizados no grupo de intervenção e no grupo controle, que consistiu de 118 participantes. Ambos os grupos foram entrevistados e examinados novamente após um período de seis meses de intervenção.

Os resultados mostraram que as medidas de saúde oral ajustadas melhoraram a higiene das próteses e reduziram significativamente o número de dentes cobertos por placas. No grupo controle, em contraste, a saúde oral se deteriorou durante o seguimento de seis meses. Enquanto a capacidade funcional e a função cognitiva foram significativamente associadas com uma melhor higiene oral no grupo de estudo, o número de dentes com placa permaneceu elevado mesmo após a intervenção de acordo com os pesquisadores.

As conclusões sugerem que o sucesso das abordagens para melhorar a saúde bucal de idosos vulneráveis precisa ser com base em suas necessidades individuais. A fim de assegurar isso, deve ser da responsabilidade do pessoal de cuidados orais planejar e implementar uma conduta individualizada e realista para o seu regime preventivo de pacientes idosos, os pesquisadores concluíram.

O estudo foi parte de um grande estudo de intervenção chamado NutOrMed–nutrição otimizada, saúde bucal e medicação para clientes idosos de home care - que se iniciou em novembro de 2012. Os resultados foram publicados em 14 de fevereiro de 2017 no Age and Ageing Journal no artigo intitulado "Intervenção preventiva de saúde bucal entre clientes idosos de home care".

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

advertisement
advertisement