Dental Tribune Brazil

FMC lamenta morte de cofundadora por coronavírus

SHENLEY, Reino Unido: Na semana passada, o público soube que um cidadão britânico morreu de COVID-19 em 11 de março de 2020 em Bali, na Indonésia. Pouco depois, soube-se que a pessoa falecida era Kimberly Finlayson, cofundadora da Finlayson Media Communications (FMC), a maior editora odontológica independente do Reino Unido.

O Daily Mail informou on-line que o governo indonésio havia declarado que Finlayson havia testado positivo para COVID-19 durante uma viagem de férias e foi então internada em um hospital indonésio no final de fevereiro. Finlayson já estava sofrendo de doença pulmonar e diabetes antes do diagnóstico.

Seu marido, Ken Finlayson, diretor administrativo da FMC, que estava com ela, teria testado negativo para o vírus. No entanto, ele deve permanecer em um hospital isolado em Bali, de acordo com o Daily Mail.

Fundada em 1995 pelo casal Finlayson e Jason Newington, a FMC hoje é a principal empresa de comunicações que opera no setor odontológico do Reino Unido e da Irlanda. Em um artigo online também publicado na semana passada , a empresa prestou homenagem a Kimberly Finlayson, lembrando-se de seu trabalho há mais de 30 anos como editora no setor odontológico.

A Reuters afirmou que Finlayson foi a primeira morte do COVID-19 na Indonésia. Até o momento, 172 casos COVID-19 e oito mortes foram confirmados no país.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

© 2020 - All rights reserved - Dental Tribune International